quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Horóscopo poético - Libra 23 de setembro a 22 de outubro

LIBRA
Vinicius de Moraes



A mulher de libra
Não tem muita fibra
Mas vibra.
Quer ver uma libriana contente?
Dê-lhe um presente.
Quando o marido a trai
A mulher de libra
balanças mas não cai.
Se você a paparica
Ela fica.
Com librium ou sem librium
Salve, venusina
Que guarda o equilíbrio
Na corda mais fina.